6.9.12

Day by Day II



Pronto, ontem foi mais um dia de maluquice completa!

Um dia de trabalho a terminar, tudo indicava que ia ser um dia normal. Mas claro, devia estar a alucinar!
Estava eu a aspirar a bela da loja, toda contente, pois ia de folga, quando entra um jovem.
Desligo o aspirador e questiono o Sr. se precisa de ajuda...mal sabia eu...OH MEU DEUS !!!!!!!!!!!!!

A resposta do rapaz foi:
- Vocês funcionárias tem sempre que pensar que preciso de ajuda... não preciso da ajuda de ninguém! Merecem 
todas uns tapinhas na budjinha e tu também.

Ao ouvir isto fiquei petrificada...sem reacção. Mesmo sem lhe ter dado conversa continuou a falar. Queria saber o 
preço de uns sapatos, e eu respondi(escusado será dizer que continuou a meter conversa).
Já estava a ficar nervosa...de repente a minha colega pergunta se preciso de ajuda...e eu fiquei sem saber o que fazer,pois 
ele estava a ser bastante agressivo a falar.

Mas nem precisei dizer nada...ele não gostou que ela tivesse perguntado isso e começou a ficar alterado, gritou:
- PRECISO!

Ele estava agressivo, infelizmente a minha colega não ouviu e foi buscar água. Mal ouvi a porta 
a bater fiquei num estado de pânico....tentei sempre não irritá-lo e aguentar até a minha colega chegar. Mas minutos
 tornaram-se em horas......
Apesar do nervosismo, tentei não demonstrar, pois sei que seria pior.

Até que ele me pergunta:

- Que vestido é que me aconselharia a comprar para uma rapariga jovem sexy?

Ao que eu respondo:
- Qual é o tamanho que a Sra.veste?

Ele:
- É uma jovem com umas grandes e belas curvas.

Pronto...comecei a transpirar... para tentar desconversar afirmei que teria que saber o tamanho da Sra. Mas que 
se era para uma jovem bem constituída não tinha nada de interessante.
Seguidamente interessou-se em saber quando é que estava de folga, eu respondi feita tola , seguidamente
 perguntou-me o que ia fazer nas minhas folgas...ai é que me apeteceu rebentar e dar uma das minhas belas respostas 
mas aguentei e disse que não sabia.

Depois fez-me outra pergunta que já esperava:
-Você namora?
E eu claro que respondi um grande SIM

E as perguntas perseguiram, mas as respostas estavam-se a escassear, limitava-me a responder que era relativo.
Até que ele me diz que já viu tudo (nada) e que se vai embora...respirei fundo...bem fundo.......
Quando ele ia a sair, a minha colega entra..e pronto lá começa ele de novo. Mas agora era certo que ia ser corrido
, a minha colega já sabe o que a casa gasta e não lhe deu conversa. A porta bateu, o meu nervosismo começou a desaparecer,
vesti-me e fui de folga.


Sorte malvada! ..........

18 comentários:

  1. Que azar rapariga :|

    Eu acho que lhe perguntava se ele estava ali para comprar/ver alguma coisa ou receber informações da minha vida privada. Enfim.

    ResponderEliminar
  2. Oooooh meu deus!
    É o preço que pagas por ser tão bonita ;)
    Gente doida de hoje em dia ahaha

    ResponderEliminar
  3. Nessas situações é mesmo complicado lidar com os clientes.. porque sendo clientes "têm sempre razão" e depois por vezes ficamos super desorientadas..

    ResponderEliminar
  4. Aturar público é muito complicado, sei porque já atendi, é preciso ter muita calma heheeh imagino o teu estado.

    ResponderEliminar
  5. Ai rapariga, o gajo devia estar a tentar testar a tua paciência e querer mesmo irritar...o que se atura quando se trabalha com público. :)
    Quanto aos meus dois posts: O meu facebook ultimamente tem andado a ser invadido por gente indesejada, e gente que se acha mais e melhor que os outros e então andam a "cuscar", a passar informação, mas sobretudo o que mais me irrita é andarem a pôr like em tudo quanto é publicação minha.
    Quanto ao outro post, a história é de tal maneira confusa que hoje quando acordei pensei: porquê que eu me agarro às pessoas? porquê ele não me manda de vez embora, dizendo que não significo nada na vida dele...Odeio esta situação, mas não sei nem consigo sair dela :)
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. OMG AHAH, desculpa mas esta história é hilariante. O momento deve ter sido aterrador, mas meteu graça para quem lê! Agora é seguir em frente e aproveita bem a folga :p

    ResponderEliminar
  7. Aiiiii mulherr que horroooor, eu nem sei o que faria!!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  8. Realmente...há gente mesmo louca neste mundo -.-

    ResponderEliminar
  9. xiii grande abusado. Eu também me ia ver assim.

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. Fogo, mas que praga esse gajo ahhh! tadinha de ti

    ResponderEliminar
  12. Isso é que foi :o
    Mas tu não devias responder que "sim" à pergunta "vocês namora?" não é profissional falar da nossa vida pessoa.

    ResponderEliminar
  13. Xiiiiii gaja,só vi isto agora....a com cada cena :/ Nestas situações devemos manter a calma,é difícil mas tem de se tentar.

    ResponderEliminar