24.10.12

Children


Adoro a idade da inocência, a idade em que queremos saber tudo...e sem dúvida que o porquê é a palavra chave.
É bom ver que isso ainda existe, que não são só coisas más a existir neste mundo.
Sou uma pessoa bem disposta que anda sempre de sorriso na cara, mas se há coisa que me dá gosto e me deixa super alegre é apanhar uma criança que meta conversa comigo...adoroo, fico toda derretida!
Hoje felizmente encontrei uma menina que começou a conversar comigo, quase todas as frases começavam por porquê. Toda gente ficou deliciada, não havia ninguém sem um sorriso na cara. Só por isso ganhei o meu dia, as crianças são das coisas mais bonitas que temos e não há quem possa negar, a menos que não tenha coração.
Com isto....senti uma saudade dessa inocência, parece que era mais feliz. Sou só eu que tenho saudades?

Algumas perguntas: Porquê que o autocarro ainda não veio? Para onde vais? O teu pai está aonde?E a tua mãe? Vais chorar?


P.s: o vais chorar era porque ela ia-se embora.

9 comentários:

  1. Por incrivel que pareça também tenho saudades desse tempo. Tudo era mágico e perfeito, e o mundo era melhor.
    Beijinho,
    Rute

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Às vezes adorava ter ficado com 10 anos de idade, onde não me importava com nada. Vivia para brincar, sorrir , descobrir... Agora um pouco de mim é assim, mas todas estas coisas INFELIZMENTE extinguem-se com o tempo.

    http://maniac4moda.blogspot.pt/2012/10/i-feel-good.html

    ResponderEliminar
  4. LOL que querida... eu tb tenho saudades :)
    e tambem me derreto com crianças... ai sou um coraçao mole :p

    ResponderEliminar
  5. Por acaso tenho saudades da minha infância, foi uma infância muito alegre e só o facto de não ter metades dos problemas ui ui...

    ResponderEliminar
  6. Tenho tantas saudades desses tempos :) agora vou aproveitando os momentos que os meus sobrinhos me proporcionam *

    ResponderEliminar
  7. As crianças são sem dúvida o melhor do Mundo, e é ao ler este tipo de texto ou ao cruzar-me com uma criança que sinto mesmo saudades da idade em que não via mal em ninguém e que não precisava de grande coisa para ser realmente feliz. ;)
    beijinhos*

    ResponderEliminar