17.2.16

Inglaterra, Cheguei!


Dia 15 foi dia de mudanças e das grandes.
Dia 15 abandonamos o barco, eu e a Lara fomos para junto do seu pai. A viagem foi complicada, ir 
com uma bebé que já não é propriamente de colo e que também ainda não anda, não foi nada fácil! 
Ao inicio julguei que tivesse alguma ajuda, mas logo fui avisada que isso não ia acontecer...dito e certo! 

Em Portugal até que foi fácil pois estive sempre com o carrinho da Lara até entrar no avião, o 
problema foi mesmo ao chegar a Inglaterra, ao sair do avião não tinha o carrinho! Andar com 2 sacos e
 uma bebé... até dói de recordar!
A despedida foi horrivel, devo confessar que a mais dificil para mim foi a dos meus sobrinhos, ver uma
 criança de 10 anos que não demonstra os seus sentimentos fácilmente a abraçar-me e beijar-me...a 
minha mãe e a minha irmã, fazem-me tanta falta! Há dias que só me apetece dar meia volta e ir para Portugal. 
Sabia que não ia ser fácil...mas o saber é diferente do sentir.
Apanhei uma equipa de bordo espectacular, a Lara para não variar fez furor e uma das hospedeiras 
andou a mostrar o avião à Lara. Ela gostou pouco disso! Eheheh A viagem de duas horas e pouco passou 
num instante, ao chegarmos a Inglaterra tive a missão de encontrar um carrinho para levar a Lara, um caminho
 de 5 minutos pareceu que levou 20 minutos a ser percorrido. Quando encontrei o carrinho senti cá um alivio... ! 
Até encontrar-mos o papa levou uma meia horinha, custou mas foi! A alegria dele a abraçar a Lara valeu tudo.
Sai do aeroporto e disse olá a Inglaterra. As pessoas não são tão calorosas em Londres como em Portugal, mas acabei por me habituar, não só a isso, as ruas são diferentes, os hábitos igualmente.
Estive uma semana e alguns dias por Londres, infelizmente não deu para passear, mas um dia lá voltarei. Deu inicio a uma outra aventura. Mudamos de Londres para Manchester, uma viagem de mais de 4 horas num autocarro, a Lara ficou impossivel ! Felizmente tudo correu bem, estamos a mais de 3 semanas nesta casa e ao contrario do que senti inicialmente, estou a gostar. Aqui já sai várias vezes, já conheço minimaente para ir até ao centro. Tem movimento, mas não é em demasia.
O meu maior desafio neste momento é sem dúvida a pronuncia das pessoas de Manchester...se Inglaterra já era dificil Manchester era super complicado. Mas ainda vou conseguir apanhar! Eheheh
Para criar número de segurança social aqui é diferente, não vamos à loja de cidadão, temos de contactar com o Jobcenter e informar que entramos no pais recentemente, que procuramos obter o insurance number para procurarmos trabalho. Eles agendam um dia connosco e o pior é aguardar que saia esse número, pode ir até seis semanas ( derivado à grande afluencia de pessoas que tem chegado).Tive marcação na Sexta, agora é aguardar.
Outra coisa que ainda me falta é trabalho(também derivado ao tal insurance number), aqui a procura é realizada maioritáriamente online ou através do job center (uma espécie de centro de emprego). A online é uma confusão para mim, algumas coisas que pedem ou termos que utilizam... o job center quero ir lá ainda esta semana.
Agora que já tenho internet em casa é mais fácil publicar. Sei que há alguma curiosidade quanto à emigração, especialmente a quem tem filhos. Aos pouco, vou-vos contando novidades e curiosidaes. Obrigada por todo o apoio que tenho recebido, quer seja aqui, no facebook ou instagram.


13 comentários:

  1. Vai dar tudo certo!
    Beijinhos grandes para vcs <3

    ResponderEliminar
  2. É mesmo uma grande mudança ainda para mais com a pequenina! Confesso que não teria essa coragem. Vai tudo dar certo e num instante estás mais que integrada! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Já tinha dado por ela, como te sigo noutras redes. Bem-vinda à emigração. És uma valente! Sei que tens novidades das boas para contar, e espero que corra tudo bem. É o meu desejo do fundo do coração. :) E quanto a Manchester, já aí estive por duas ocasiões, e gostei do que vi. Um beijinho, mamã babada *

    ResponderEliminar
  4. sei que é muito fácil falar, mas verás como irá valer a pena. Assim que estiveres segura com um emprego/trabalho as coisas serão mais fáceis, vais praticar o sotaque e familiarizar-te com todo o ambiente. Que é diferente? sim, claro. Não há cantinho mais versátil e acolhedor que o nosso "pequeno" Portugal, mas se ja gostavas a tua terra o amor a partir de agora será ainda maior, e quando visitares de novo será uma festa de arromba :D os primeiros passos são os que custam mais, mas a vida é para a frente e digamos que Portugal tem sido muito ingrato com os seus cidadãos. Em breve (2-3 anos) serei eu a lançar-me à aventura, Big kiss and hug <3

    ResponderEliminar
  5. Vai correr tudo bem, vais ver :) beijinhos

    ResponderEliminar
  6. um dia destes ainda vou ter contigo.. aqui é tão difícil... Sim vai fazendo os post para ficarmos a par desta aventura.. Vai ser bom acredita, vida nova pela frente um bom futuro para a Lara.. beijinhos
    http://belezademulheremae.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. um dia destes ainda vou ter contigo.. aqui é tão difícil... Sim vai fazendo os post para ficarmos a par desta aventura.. Vai ser bom acredita, vida nova pela frente um bom futuro para a Lara.. beijinhos
    http://belezademulheremae.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. Eu não imagino o que seja emigrar, mas sei que será o mais provável acontecer com os meus filhos num futuro qualquer. De volta e meia ameaço para o ar que me vou embora, que este país não é para mim, que mereço melhor... mas vou ficando, a família fala mais alto. Força aí!

    beijinho
    www.blogasbolinhasamarelas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Fico contente por saber que as coisas estão a correr bem, ou pelo menos minimamente bem, e espero que assim continue. Muito boa sorte nesta tua nova vida e aventura. Tudo a correr bem*

    ResponderEliminar
  10. Ai vou ficar atentaa! Daqui a uns tempos muito possivelmente serei eu na tua posição, mas sem bebe :p
    Boa sorte e tudo vai correr pelo melhor :D
    Beijinhos,
    Vou de Saltos!

    ResponderEliminar